terça-feira, 27 de dezembro de 2016

ACADEMIA_DE_SURF

A ciência do surf consiste em criar um "acelerador de partículas" (ciclotron) entre as quilhas que dará a devida proporção para o universo paralelo dos aéreos "full rotation".... Tipo uma "esfera" que proporciona o equilíbrio exato para surfar as ondas com fluidez.

sábado, 24 de dezembro de 2016

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

ÁGUIA_DO_SUL

A águia, por sua vez, está ligada ao intelecto e às formas mais elevadas de raciocínio.....


segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

A_ARCA_DA_ALIANÇA

Nosso propósito é domar os Instintos para fazer valer a vossa Vontade de Deus no despertar do corpo como um Templo cuja "respiração" acalma o coração das emoções instintivas advindas da natureza material em detrimento a natureza espiritual. 

sábado, 19 de novembro de 2016

HOMEM_SOLAR


Enquanto houver fôlego sobreviverei, mas para isso é preciso um estômago de avestruz capaz de devorar toda a realidade negativa que cresce a minha frente. Realidade indigesta é o mesmo que viver sem fôlego, sem energia, sem luz... Mestre, ensina-me a arte de devorar mundos através da respiração e sacia minha fome de viver!

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

TERRA_PLANA


Finalmente parece que caminhamos para a verdade: a Terra é plana. A experiência mistica remete a percepção do Domo que protege a Terra das águas do firmamento onde o cosmo é água e não um vacou como nos ensinam na escola. Essa percepção do Domo é a união cósmica com Deus e todos na Terra porque estamos todos na mesma "nave" onde ninguém entra e ninguém sai (fisicamente), vagando por um aquário infinito. 

A concepção da Terra como Globo nos coloca dentro de um "ovo" e nos sacode no vaco do espaço infinito de incertezas onde para se agarrar a algo é preciso derrubar meu irmão. De fato somos máquinas humanas dominadas por um programa publicitário de imagens falsas que impedem de chocar o "ovo" e a verdade aparecer como luz. É o "ovo" que cria o mito do "messias" como salvação da humanidade adormecida nos casulos. Mas como a Terra é plana somos todos irmãos e o amor invade a máquina humana que alcançou as estrelas no teto do Domo, não exite "messias" porque somos todos Um. 

Entra então a "meditação" como ferramenta de re-configuração neural das imagens falsas do "globo" para a verdade "plana" ampliando nossa percepção da realidade alcançando o paraíso na Terra. Esse é o propósito de Deus quando nos criou, mas os instintos sexuais transformaram-se em "pensamentos" e adquiriram uma "vontade" própria (ego) desviando a "máquina humana" do seu caminho divino fazendo surgir o grande conflito do "bem" contra o "mal". 

Sendo assim nosso propósito na vida é fazer valer a "vontade" de Deus sobre os "instintos" tal qual domar um "cavalo selvagem", só assim o amor reinará na Terra. As "artes místicas" estão aí pra isso, fazemos uso delas para transformar essa realidade. Essa "exacerbação do moderno racionalismo" constitui as bases dessa sociedade bestial dos "egos" inflados. Deixemos as escolas e as faculdades uma vez que a verdade está aqui fora dos seus muros. 

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

DEPRESSÃO_TEM_CURA!


Você que sofre de depressão e ansiedade, não entre em pânico..... Você é um Ciborgue! Basta eliminar o "tempo psicológico" acumulado em seu hardware para o Sol brilhar novamente em sua vida. Namastê!

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

GLÂNDULA_PINEAL

https://www.youtube.com/watch?v=no5xcYWFgsU&feature=youtu.be

Ao assistir a palestra "Glândula Pineal" do Dr. Sérgio Felipe de Oliveira (link na legenda da foto) onde ele nos dá uma perspectiva espiritual da ciência médica de que a "glândula pineal" funciona como uma antena que nos alinha com o presente e amplia nossa percepção sobre a realidade sendo ela o nosso processador quântico interdimensional que nos conecta com as estrelas. Na palestra ele mostra algumas fotos da glândula e diz que cada uma tem uma forma diferente e fica brincando: "como será a sua?". Essa "Fotografia Holotrópica" acima mostra exatamente a minha "glândula pineal"no formato de uma flecha acima da cabeça de um ser que segura um astronauta em posição de lotos. Na palestra ainda tem espaço para se falar em Iogues e a arte de "domar cavalos" e o poder do "Zen" ligado a "glândula pineal".

Namastê

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

sábado, 17 de setembro de 2016

ZEN_SURFISMO_47

https://osegredo.com.br/2015/10/merkabah-o-que-e/
Que silêncio ensurdecedor!
Continuem fazendo barulho. Agora estamos atravessando o vale da morte. Onde a morte cheira vida. Luz acesa anunciando um novo amanhecer. Aurora da minha vida, aurora querida.
Conto os dias da tua chegada. Quando na madrugada. Vem surgindo o esplendor de uma nova morada. Querida de comunhão. Gravitação.
Acabou a alienação. Derrubem os portões. Das delegações.
Instituições. Porcalhões. Vou fazendo a lição. Criação é a carta magna da solução. Esperando o clarão. Vou fazendo minha canção. De antemão. Não trago a solução. Sou mensageiro dessa agitação. Surf-base no pé. Não tem lugar pra Mané. Olha o jacaré. Na maré. Do abecedário deleuziano.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

FÚRIA DE TITÃS: CICLOTRON x CRÔNOS

Para enxergarmos objetos no primeiro plano usamos os dois olhos. Mas, para enxergarmos objetos no segundo plano os nossos dois olhos se superpõem e compõem um só. A superposição dos dois olhos em apenas um olho estabelece a conexão dos hemisférios cerebrais. Preceito “figura/fundo” da Gestalt. Enxergar longe é o mesmo que enxergar com uma luneta. Na conexão dos hemisférios cerebrais a partir da nossa luneta ocular a imaginação torna-se a nossa maior riqueza. Idéias tornam-se realidade onde virtual e real se configuram como instantes únicos da existência. Piratas em busca de tesouros perdidos são símbolos que representam nossa rica imaginação fundida na conexão dos hemisférios cerebrais. Preciosa visão/conexão que estabelece o instante como único momento verdadeiro entre o passado e o futuro. Presente que nos liberta do tempo psicológico que nos aprisionam entre o hoje e o amanhã (ego), colocando-nos em sono profundo. 

terça-feira, 30 de agosto de 2016